18 de nov de 2011

Afoxé Omilodê- Cemitério dos Imigrantes

(clique na imagem para visualizar em maior tamanho)
Imagens cedidas por Tucunaré Produções Culturais. Fotografia : Rose Busko
Contratação de apresentações, palestras ou oficinas entrar em contato com (47) 3025-3180

Dando continuidade na 3a. Semana da Consciência Negra, o Grupo Afoxé Omilodê fez uma
Homenagem aos negros sepultados no Cemitério dos Imigrantes de Joinville
É um ato de reverência a todos os negros que participaram do processo de colonização de Joinville e que muitas vezes foram esquecidos pelas narrativas históricas

Matéria : JORNAL NOTÍCIAS DO DIA - 18/11/2011

 
Foto: Fabrizio Motta/ND

Foi ao som do batuque dos tambores do grupo afoxé  do Ale Axé Iya Omilode que os 14 negros sepultados no Cemitério dos Imigrantes foram homenageados, na manhã de quinta-feira. Uma coroa de rosas brancas foi depositada na lápide que resgata esse pedaço da história joinvilense.  A homenagem faz parte da programação da terceira edição da Semana da Consciência Negra de Joinville, que segue até o dia 21 de novembro.
Uma das coordenadoras do evento, Yalorisha Jacinla D´Oshun, ressaltou que a homenagem comprova que a presença negra já fazia parte de Joinville desde os primórdios da cidade. “É um reconhecimento, 160 depois, da contribuição da cultura afro para a cultura joinvilense”, afirmou Jacila. “Resgatar essa parte da história da cidade é fundamental para a identidade do povo negro e da diversidade de Joinville”, enfatizou.
O presidente da Fundação Cultural de Joinville, Silvestre Ferreira, afirmou a homenagem aos negros é uma forma de criar um espaço de diálogo da história da cidade e o reconhecimento do papel do negro vem acrescentar outras histórias na história de Joinville.

17 de nov de 2011

3a. semana da Consciência Negra - Matéria do Jornal Notícias do Dia - 17/11/2011

Rogério Souza Jr./ND - Jornal Notícias do Dia - 17/11/2011

Empenho. Uma das coordenadoras é a Yalorisha Jacila D’Oshun


A terceira edição da Semana da Consciência Negra de Joinville vai além de uma série de atividades para celebração da cultura afro – segundo uma das coordenadoras do evento, Yalorisha Jacila D'Oshun, a cada ano o evento tem se integrado mais a sociedade, não atingindo apenas aos adeptos dessa tradição cultural e religiosa.
A programação inicia hoje e vai até 21 de novembro, com exposição de fotografias, palestras, atividades artísticas e culturais, filmes e uma feijoada comemorativa ao Dia da Consciência Negra, no domingo. Outro destaque é a lavagem das escadarias do Monumento ao Imigrante, na praça da Bandeira, um ato ecumênico inspirado na lavagem das escadarias do Bonfim de Salvador (BA) no sábado às 10h30. “Nossa ideia é acrescentar um sentido a mais num monumento público. Afinal, o negro também é um imigrante”, acrescenta Jacila.
A organizadora esteve diretamente envolvida nas duas edições anteriores do evento, acompanhada do axogun Gerson Machado e por uma comissão da Fundação Cultural. “Eu sempre ia ao Rio de Janeiro nesta época do ano, para acompanhar as festividades. Como tenho uma Casa de Santo, por que também não promover algo aqui?”, explica.
Para ela, a Semana da Consciência Negra tem crescido consideravelmente em Joinville a cada nova edição. “No primeiro ano até alguns grupos tinham receio de se expor, mas hoje mesmo quem não é adepto da religião tem participado”, avalia.
O evento começa hoje com atividades na Estação da Memória e a primeira sessão do Cine Ilê, exibição de filmes e documentários com a temática negra seguido de palestras e confraternização. A atividade será no Centro de Umbanda Ilê Axé de Iansã, no Escolinha. “Este ano faremos essas sessões em diferentes centros, trazendo as escolas para participarem e conhecerem a cultura negra”, diz Jacila.

Negros sepultados no Cemitério dos Imigrantes
Na quinta-feira, haverá a já tradicional homenagem aos negros sepultados no Cemitério dos Imigrantes de Joinville. Segundo Jacila são 14 sepulturas documentadas, descobertas através de pesquisas e que recentemente ganharam uma lápide para identificação. Durante a semana haverá ainda a participação de três integrantes do Maracatu Nação Estrela Brilhante, de Recife (PE).
Além de Jacila e de sua Ylê Axê Ya Omi Lodê - Casa da Vô Joaquina, o Grupo de Afoxé presidido por Kobarodê, com participação de Sandrinho do Ashe Efon, está na organização da Semana. Paralelamente aos eventos organizados pelo povo de santo, há ainda atividades sob responsabilidade da Fundação Cultural de Joinville na programação.

16 de nov de 2011

PROGRAMAÇÃO DA 3ª SEMANA DA CONSCIENCIA NEGRA ORGANIZADA PELO YLÊ AXÊ YA OMI LODÊ/CASA DA VÓ JOAQUINA/AFOXÊ

16/11/2011 – QUARTA- FEIRA 
19:30 -   Evento: Cine Ilê.
PROJETO SIMDEC EDITAL –Ylê Axê Ya Omi Lodê/Casa da Vó Joaquina/Afoxe Omi Lode 
Um evento misto que congrega uma palestra sobre a história e a cultura afro-brasileira aliada à exibição de filmes em diversos formatos que tratam de questões relacionadas à temática. 

Palestrante:Prof. Gerson Machado 
Local: Centro de Umbanda Ilê Axé de Iansã
Rua: Tenente Narciso Pereira de Almeida, 223, Escolinha
Contatos: Mãe Ana de Iansã
Telefone: 3465-7281

17/11/2011 – QUINTA-FEIRA 
10h00 -  Evento: Homenagem aos negros sepultados no Cemitério dos Imigrantes de Joinville
 PROJETO SIMDEC EDITAL - Ylê Axê Ya Omi Lodê/Casa da Vó Joaquina/Afoxe Omi Lode
 É um ato de reverência a todos os negros que participaram do processo de colonização de Joinville e que muitas vezes foram esquecidos pelas narrativas históricas . Sobretudo, afirmar as  contribuições da etnia, cultura e da memória afro-brasileira no processo de construção de nossa cidade.

Rua: XV de Novembro, 978 - Centro
Contatos: Iyalorixá Jacila de Oxum
Telefone: 3426-6601

19:30 - Evento: Cine Ilê
 PROJETO SIMDEC EDITAL –Ylê Axê Ya Omi Lodê/Casa da Vó Joaquina/Afoxe Omi Lode
 Um evento misto que congrega uma palestra sobre a história e a cultura afro-brasileira aliada à exibição de filmes em diversos formatos que tratam de questões relacionadas à temática.

Palestrante: Carlos(Pitoco)Thiago e Jocimar pertecente ao Maracatu Nação Estrela  Brilhante
Recife/PE  
Local: Ilê Axé Egbé Togun Beinjá
Rua: Passo Fundo, 85, Fátima
Contatos: Babalorixá Nino de Ogum
Telefone: 3466-7778

18/11/2011 - SEXTA -FEIRA  
18:30 - Evento: Cine Ilê
.PROJETO SIMDEC EDITAL –Ylê Axê Ya Omi Lodê/Casa da Vó Joaquina/Afoxe Omi Lode 
Um evento misto que congrega uma palestra sobre a história e a cultura afro-brasileira aliada à exibição de filmes em diversos formatos que tratam de questões relacionadas à temática.

Palestrante:  Prof. Gerson e  Profª. Elenir 
Local: Ylê Axê Yia Omi Lode
Rua:Erivelton Martins, nr 669
Contatos: Yalorisha Jacila D'Oshun
Telefone: 47-34266601

19/11/2011 - SÁBADO 
9:00 -Evento: Apresentação de Ritmos e Danças Afro-Brasileiras 
PROJETO SIMDEC EDITAL –Ylê Axê Ya Omi Lodê/Casa da Vó Joaquina/Afoxe Omi Lode 
 Participação do Nucleo de Artes e Cultura de Campos/RJ –CIA Gente de Teatro, Roda de Jongo ,  Maracatu Nação Estrela Brilhante , Maracatu Morro D’Ouro e o  Grupo de Afoxe Omi lodê com Ogãn Alexandro(Sandrinho) do Ashe Efon, responsável pela percussão e o povo de ashe.

Local: Praça Nereu Ramos
Contatos: Iyalorixá Jacila de Oxum
Telefone: 3426-6601

10:30 - Evento: Cortejo do Povo-de-Santo e Lavagem das Escadarias do Monumento ao Imigrante 
PROJETO SIMDEC EDITAL –Ylê Axê Ya Omi Lodê/Casa da Vó Joaquina/Afoxe Omi Lode 
O ritual é uma manifestação religiosa pública de caráter ecumênico, inspirada na famosa Lavagem das Escadarias do Bonfim de Salvador/BA. A proposta joinvilense é tomar um monumento público dedicado à memória da imigração e acrescentar um sentido a mais ao mesmo, ou seja, o negro e a sua cultura, representada pela dimensão religiosa. Neste sentido, é um ato inclusivista.
O ritual tem um caráter purificador, já que a lavagem aromática advinda da água de cheiro carregada em vasos por mulheres trajadas à baiana, ao som dos atabaques e cantigas rituais. Tem também o sentido de limpar a cidade do preconceito racial, religioso, econômico, de gênero, etc.
É também, um ato de resistência, pois sabe-se o quanto a discriminação e o preconceito dificultam a manifestação cultural em questão. O ato é uma ação afirmativa do povo-de-santo presente no cotidiano da nossa sociedade e o qual reivindica o direito à cidadania e à memória. É, sobretudo um ato de coragem e de defesa do direito de livre expressão que o grupo manifesta e reivindica. 
Itinerário: Saída da Praça Nereu Ramos, passando pelas Das Palmeiras e Rio Branco  Chegada na Praça da Bandeira (Escadaria do Monumento ao Imigrante) 

Contatos: Iyalorixá Jacila de Oxum
Telefone: 3426-6601
E-mail: jacila.barbosa@hotmail.com

20/11/2011 - DOMINGO 
12:00 -  Evento: Feijoada com Axe. 
Organizada pelos filhos e simpatizantes do Ylê teremos  a participação da Cia Gente de Teatro,com Roda de Jongo, Maracatu Morro D'Ouro e a Comunidade do Afoxê Omilode

Local: Ilê Axe Yia Omi Lodê
Rua: Erivelton Martins, nr669 - ullysses Guimaraes
Contato: Yalorisha Jacila D' Oshun
Tel.: 47-34266601

21/11/2011 – SEGUNDA-FEIRA
19:30 –Evento  CINE NO YLÊ
 PROJETO SIMDEC EDITAL –Ylê Axê Ya Omi Lodê/Casa da Vó Joaquina/Afoxe Omi Lode
 Um evento misto que congrega uma palestra sobre a história e a cultura afro-brasileira aliada à exibição de filmes em diversos formatos que tratam de questões relacionadas à temática.
Palestrante: Professor Gerson Machado
  
Local: Abassá de Inkisse N´Zazi
Rua: Arildo José da Silva, 99 - Itinga II - Araquari
Contatos: Tata de Inkisse Arildo de Zazi 
Telefone: 3436-2462